Faça suas compras de mercado agora no carrefour.com earth icon Escolha seu país logo enseigne Carrefour

Resultado da pesquisa Resultado

Site internacional

Global

Sites nacionais

Sua saúde Fibras alimentares

Elas estão presentes em vários alimentos e são fundamentais para o bom funcionamento do corpo.

Descubra como aproveitar ao máximo todos os benefícios desses nutrientes no seu dia a dia.

Você já deve ter ouvido falar que um determinado alimento é rico em fibras ou que para o intestino funcionar como um reloginho é preciso ingerir bastante fibras. Mas o que são esses nutrientes? De origem vegetal, as fibras são carboidratos complexos que o organismo não consegue digerir nem absorver, mas que mesmo assim proporcionam diversos benefícios à saúde. O consumo de apenas 30g de fibras por dia, em média, já é o suficiente para prevenir desde a prisão de ventre até problemas mais graves, como o câncer e doenças do coração. Quer saber mais? Então, vamos lá!

Por que faz bem?

A primeira razão é a prevenção de problemas de saúde, entre eles: intestino preso, diverticulite (formação de “bolsas” no intestino que podem culminar em uma inflamação), câncer (principalmente de cólon) e diabetes. Os benefícios começam logo na mastigação, já que alimentos fibrosos são difíceis de mastigar, o que aumenta a saciedade. Além disso, como as fibras fazem o intestino funcionar regularmente, contribuem para reforçar a imunidade, aumentando as defesas do corpo. Também são capazes de eliminar toxinas e o excesso de gorduras e açúcares do sangue, contribuindo com a redução do colesterol, da glicemia e evitando, assim, doenças cardiovasculares.

Quais os tipos?

As fibras alimentares podem ser solúveis ou insolúveis. Vamos conhecê-las melhor?

Solúveis

Pectina: forma um gel no estômago, o que controla a absorção de açúcares e gorduras, reduzindo o colesterol e a fome. Além disso, auxilia no famoso "detox", que nada mais é que a eliminação de substâncias nocivas ao corpo. Consuma: maçã, cenoura, banana, repolho, frutas cítricas, ervilha, quiabo e, principalmente, na parte branca da casca da laranja, limão e maracujá.

Gomas e mucilagens: são as principais fibras responsáveis por combater o diabetes e o colesterol ruim. Consuma: farinha e farelo de aveia, gergelim e leguminosas secas.

Insolúveis

Celulose: regula o intestino e elimina substâncias cancerígenas do corpo. Consuma: maçã, pera, cenoura, brócolis, ervilha, grãos integrais, castanha-do-pará, vagem e beterraba.

Lignina: previne a formação de cálculos biliares (em bom português, as pedras de bílis) e controla a glicemia. Consuma: cenoura, vagem, ervilha, grãos integrais, castanha-do-pará, pêssego, tomate, morango e batata.

Solúveis e insolúveis            

Hemicelulose: essa fibra de nome complicado melhora o funcionamento do intestino e dá sensação de saciedade. Consuma: maçã, beterraba, grãos e cereais integrais, verduras, leguminosas, banana, pera e pimentão.

Quanto consumir?

Se você não está acostumado a comer muitas fibras, comece a incluí-las de forma gradual em sua alimentação. Isso porque o consumo em excesso pode gerar um aumento do abdômen, causar diarreia e até atrapalhar a absorção de outros nutrientes pelo corpo. Na verdade, o problema é a soma dos alimentos integrais com verduras e legumes crus. Os integrais devem ser mantidos na dieta; o que deve ser alternado são os vegetais crus com os cozidos e refogados, pois o cozimento quebra as fibras responsáveis pela não absorção de minerais”, recomenda a nutricionista Ângela Cardoso. Para acompanhar a inclusão das fibras no seu dia a dia, não se esqueça de beber bastante água, caso contrário, as fibras podem se tornar o ponto negativo da sua aleimentação, causando prisão de ventre, entre outros problemas. O consumo de 2 litros de água ao dia, em média, é o considerado ideal.

 

No Carrefour, você encontra uma enorme variedade de frutas, verduras e legumes ricos em fibras para auxiliar na manutenção da sua saúde.  

Clique e compre agora pelo site

Confira aqui a loja mais próxima de você

 

 

Descubra outras iniciativas